Centro Ciência Viva de Vila do Conde   Mapa do Site   English Version
Pesquisa 

As Sombras do Tempo - Exposição de Relógios de Sol

20-06-2003 12:43:00





"O espaço e o tempo são formas de pensamento, não condições sob as quais vivamos."

Albert Einstein

A exposição itinerante “As Sombras do Tempo” estará patente durante os meses de Julho e Agosto no Centro Ciência Viva de Vila do Conde.

As sombras têm despertado no Homem, ao longo dos tempos, os mais contrários sentimentos. Ao atravessar diariamente o céu, o Sol - até recentemente, de longe, a nossa principal fonte de luz, e, necessariamente, também o principal causador de sombras - exibe um comportamento cíclico anual que demanda ser explicado. Entre os muitos dispositivos projectados através dos milénios para medir o tempo encontram-se os Relógios de Sol. Relógios de Sol que se juntam com a contagem do tempo numa simbiose matemática intemporal, entrelaçada com alguma da assombrosa beleza do nosso Universo (esse, sim, como temos vindo a descobrir, tão cheio de sombras).

A exposição itinerante "As Sombras do Tempo", dinamizada pelo Projecto Matemática em Acção do Centro de Matemática e Aplicações Fundamentais da Universidade de Lisboa (CMAF), com o apoio da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), do Departamento de Matemática da FCUL (DMFCUL) e da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM), associa a Matemática à beleza arquitectónica dos Relógios de Sol e dos monumentos onde se integram. É o resultado de trabalho referente à interrelação entre a Astronomia e a Matemática, e que foi efectuado no âmbito do Estágio Pedagógico da Licenciatura em Ensino da Matemática, envolvendo a Escola Secundária António Arroio e o DMFCUL.

Esta exposição, que pretende contribuir para a divulgação de projectos de interacção entre os vários níveis de ensino tão necessários para fomentar a comunicação e divulgação das ciências matemáticas, convida-o a participar numa viagem através do tempo e a compartilhar do encantamento associado aos Relógios de Sol, que se acumulou ao longo de muitos séculos de história do nosso país.


[Imprimir]