Centro Ciência Viva de Vila do Conde   Mapa do Site   English Version
Pesquisa 

Chá, Ciência e Poesia em Terras de Maresia...

05-05-2004 11:39:00





Era uma vez
uma menina
chamada
Gotinha de Água.
A menina
Gotinha de Água
vivia
no mar sem fim.
E era linda,
tão linda,
vestida de esmeralda
e luar.


"Ainda está por reunir no seu todo a poesia de Papiniano Carlos dispersa em livros publicados entre 1942 e 1957, passando por um excelente volume de crónicas A Rosa Nocturna (1961) ou este encantador poema para crianças que é A Menina Gotinha de Água (1963), até hoje várias vezes reeditado.
Tendo nascido em Lourenço Marques (Moçambique), foi no Porto que Papiniano Carlos fez os seus estudos secundários e frequentou a Faculdade de Engenharia.[...]Como observou Jorge de Sena, a sua poesia "ergueu-se acima da oratória, com vibrante generosidade e algum desdém pelas artes poéticas, e teve larga influência em poetas ulteriores". Por isso, repetimos ser urgente que a poesia de Papiniano Carlos, agora no dobrar dos oitenta anos, volte ao contacto com os seus muitos leitores, em volume que traga ao nosso convívio e leitura todos os livros esgotados há muitos anos.
A Menina Gotinha de Água, [...]este admirável poema estruturado num ritmo melodioso que se entrelaça com as imagens mais acessíveis para um entendimento infantil: todo o poema descreve o ciclo da água não com o propósito de reinventar o que é próprio da natureza e da vida, mas sobretudo pela deliberada intenção de falar das nuvens, dos ventos, as marés, dos rios e dos mares com o encantamento poético de um belíssimo texto que enternece e encanta em cada leitura.
Agora reeditado com interessantes desenhos de Joana Quental, retomo a leitura de A Menina Gotinha de Água, que me não cansei de ler e reler aos meus filhos e o faço com os meus netos neste redobrado prazer e sortilégio das palavras de toda a história se emaranharem no sonho em que vamos e na descoberta das pequeninas coisas, ou mesmo na puerilidade sabida de que a brincar o mundo se redescobrir sob outras formas."

Serafim Ferreira
crítico literário


Papiniano Carlos
A MENINA GOTINHA DE ÁGUA
Ilustrações de Joana Quental
Ed. Campo das Letras / Porto, 1999.
[Imprimir]